Após seis anos, Mastruz volta aos festejos juninos de Campina Grande e emociona fãs na noite de São Pedro

Após seis anos, Mastruz volta aos festejos juninos de Campina Grande e emociona fãs na noite de São Pedro

Já é de praxe o Mastruz com Leite atrair multidões aos seus shows o ano inteiro. Durante o período de junho a aglomeração de mastruzeiros em frente ao palco é ainda mais calorosa pelas cidades nordestinas, por onde o grupo excursiona sua turnê junina. Ontem, no Dia de São Pedro esse encontro entre os fãs da cidade de Campina Grande (PB), distante 133 quilômetros de João Pessoa, com a banda mãe do forró foi consagrador, contagiante e repleto de saudades. Fazia seis anos que o Mastruz não tocava no Parque do Povo, o principal point de eventos onde os artistas se apresentam em 30 dias de festas, devido a agenda lotada de shows.

 

MTZ-SJCG-NOTICIA01

 

 

Aguardada com muita euforia pelos fãs e admiradores, a banda cearense subiu ao palco por volta das 02h20 da madrugada e mostrou pra que veio. Quando a vocalista Eryka Meyre puxou “Meu Vaqueiro Meu Peão”, logo após a abertura instrumental, o público foi à loucura. O canto preso na garganta ganhou forças para ecoar com afinação no espaço público numa só voz, o refrão da canção que projetou a banda nacionalmente no biênio 1991/1992 e até hoje causa arrepios e emoções ao ouvi-la.

 

MTZ-SJCG-NOTICIA04

 

 

E não foi apenas esta clássica canção do disco “Só Pra Chamegar” (vol 2), que aguçou o sentimento mais profundo de admiração e amor dos fãs pela banda pioneira do forró. Na dianteira da alegria não poderia faltar músicas marcantes como: “Forrobodó”, Na Ponta do Pé”, “Noite Fria”, “Razões”, “Anjo de Guarda”, “Rei do Baralho”, “Onde Canta o Sabiá”, a treme terra “Saga de Um Vaqueiro”, além das selecionadas marchinhas juninas do acervo Somzoom para colocar ainda mais lenha na fogueira na curtição dos forrozeiros no Dia de São Pedro.

 

MTZ-SJCG-NOTICIA05

 

 

A nova formação da linha de frente Eryka Meyre, Raynner Rylker, Ingrid Sousa, além do veterano Neto Leite, foram acolhidos pela energia revigorante dos antigos fãs, alguns desde o início da banda estavam na apoteose da curtição revivendo os clássicos mastruzeiros que jamais são esquecidos ao longo do tempo. “Acompanho o Mastruz com Leite desde 1994 e não podia deixar de prestigiar a minha banda do coração no maior São João do mundo em Campina Grande. Estavam devendo esse show faz tempo para nós e por isso não perderia a pioneira do forró por nada”, contou a bancária Lurdes Martins Freire, 31 anos, ao lado do marido.

 

MTZ-SJCG-NOTICIA03

 

 

“O Mastruz com Leite agradece a cada cidade, em especial aos nossos milhares de fãs que enfrentaram frio, chuva, viajaram quilômetros para fazer junto com a gente um grande arraial junino. Foi um mês de junho de grandes emoções e consagramos esta finalização no São João de Campina Grande. Foi o máximo poder levar a nossa identidade musical ao nosso amado público e ter a certeza que os milhares de mastruzeiros foram contagiados pelo “Leito da Saudade”, agradeceu a cantora Ingrid Sousa após descer do palco no encerramento do show.

Fonte: Assessoria de Imprensa

MTZ-SJCG-NOTICIA02

 

CLICKS
VER TODOS
Cascavel/ CE
// ver fotos
Siará Hall em Fortaleza (CE)
// ver fotos
12/12/2014 – AABB Luzilândia (PI)
// ver fotos
24/10/2014 – Clube Internacional do Recife
// ver fotos
REDES SOCIAIS

Facebook
Curta Nossa Página

ACESSAR

Instagram
Siga-nos

ACESSAR

Twitter
Siga-nos

ACESSAR